FATORES DETERMINANTES DE PROATIVIDADE AMBIENTAL EM EMPRESAS CEARENSES: ESTUDO DE CASOS MÚLTIPLOS
DOI:10.5773/rgsa.v5i1.279

Francisco César de Castro Neto, Jonny Cesar Cavalcante de Oliveira, Leonardo Gurgel Pitombeira, José Carlos Lázaro da Silva Filho, Mônica Cavalcante Sá de Abreu

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar quais são os fatores determinantes de proatividade ambiental das empresas-caso, testando o modelo proposto por González-Benito e González-Benito (2006). Para tal estudo, foram escolhidas três empresas sediadas no Ceará e certificadas com ISO 14001. Partindo-se do pressuposto que tal sistema certificado é sinal de iniciativas de proatividade ambiental, levantou-se os fatores identificados positivamente nas empresas. O resultado desta análise qualitativa de múltiplos casos confirma a diversidade de fatores determinantes na amostra estudada e identifica que, mesmo certificadas com ISO 14001, há uma proatividade limitada em duas empresas, tendo sido percebidas características de reatividade (não proatividade) na outra.

Palavras-chave


Gestão Ambiental; ISO 14001; Proatividade Ambiental; Fatores Determinantes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5773/rgsa.v5i1.279

Revista de Gestão Social e Ambiental ISSN: 1981-982X


Logotipo da Capes Logotipo IndexCopernicus Logotipo do Latindex Logotipo Sumários Logotipo WorldCat

Logotipo do EBSCO Logotipo da Cabell's Logotipo do Sumários Logotipo DOAJ Logotipo do Ulrich

Logotipo do Proquest Logotipo do Scopus